1º Encontro Brasileiro de Especialistas em Tecnologia Educacional

Neste primeiro encontro, serão debatidas as tendências no uso da tecnologia para melhorar o desempenho de professores, alunos e gestores de escolas, do Ensino Básico à Universidade e introdução às ferramentas Google for Education para sala de aula.

Na sequência, acontecerão eventos técnicos voltados a outras áreas onde o uso da tecnologia é cada vez mais intensivo e necessário.

Programa

  • Como gerenciar a infraestrutura tecnológica numa escola: Apresentador: CARLOS DALMARCO, consultor de projetos audiovisuais
  • Introdução às ferramentas Google for Education para sala de aula: Apresentador: LUIS CARLOS DE CARVALHO, diretor Comercial da Foreducation EdTech – Google for Education Partner
  • Inteligência Artificial e IoT na Educação:Apresentador: ANDRÉ LUIS ATIQUE, Technology Manager na Athié Wohnrath
  • CASE: Universidade Insper e o uso consciente da tecnologia: Apresentador: BRUNO CRUZ, gerente de Service Desk, Insper

Quando?

Data: 29/04
Horário: 9h a 19h
Local: Casa do Saber – R. Dr. Mario Ferraz 414

Inscrições

Clique aqui para realizar sua inscrição.

Anúncios

Currículo de Referência em Tecnologia e Educação – CIEB

Como inserir as tecnologias como ferramente educacional em sua escola? Esse ainda é um grande questionamento para muitos professores e escolas. Não há um currículo oficial, mas há vários currículos que podem servir como referência.

A Secretaria Municipal de Educação da cidade de São Paulo, disponibilizou no inicio do ano o Currículo da Cidade – Tecnologias para Aprendizagem, indicando quais habilidades podem ser trabalhadas no Ensino Fundamental. Gostei muito de material, que tem me servido como norteador no planejamento do uso de tecnologias na escola.

No início de Outubro, o CIEB lançou o Currículo de Referência em Tecnologia e Educação, desde a Educação Infantil e todo o Ensino Fundamental. O uso de tecnologias na Educação Infantil ainda é um assunto um pouco polêmico. Eu particularmente sou à favor, desde que feito com cautela e utilizando bons materiais de referência como esse disponibilizado pelo CIEB.

Gostei bastante do currículo disponibilizado pelo CIEB, não só pela apresentação que facilita muito encontrar o que precisamos, mas também pela qualidade do conteúdo. Tenho acompanhado o trabalho do CIEB desde o ano passado, o que tem me ajudado muito a refletir sobre meu trabalho.

Pretendo estudar mais profundamente esse material, mesclando ele com outros materiais, adequando sempre a forma de trabalho dos professores e da escola. Acredito que futuramente, seria interessante termos um currículo único, que fosse utilizado por todas as escolas. Mas, no momento, acho que ainda é sedo para isso. Ainda há muito o que estudarmos e refletirmos sobre o uso de tecnologias na edudação. E você, o que pensa sobre esse assunto?