Concurso de fotografia – Matemática – Instituto Singularidades

Os docentes e alunos do curso de Licenciatura em Matemática do Instituto Singularidades convidam os estudantes do Ensino Médio, das escolas públicas e particulares da cidade de São Paulo para participar do I Concurso de Fotografia Matemática Singularidades.

O objetivo principal é estimular a apreciação da Matemática em seus múltiplos aspectos na vida cotidiana, bem como fomentar a criatividade, ampliar o interesse dos jovens pela área e favorecer a aprendizagem.

Regulamento apresenta todas as informações que orientam essa proposta. ( Fonte: E-mail institucional )

Olha que ótima oportunidade para você utilizar o Google Fotos com seus alunos, organizando as fotos selecionadas e compartilhando. Você pode usar como uma prévia para o concurso.

Anúncios

Google Scrience Fair abre inscrições para a edição 2018-2019

A Google Science Fair abriu as inscrições para a edição 2018-2019. A Google Science Fair é uma competição global online desenvolvida para “inspirar adolescentes a resolverem problemas do mundo real através da aplicação da ciência, tecnologia, engenharia e da matemática”.

Este ano, a LEGO Education, a National Geographic, a revista Scientific American e a Virgin Galactic são os co-patrocinadores desta competição global.

Até ao próximo dia 12 de Dezembro, os jovens estudantes com idade entre 13 e 18 anos de todo o mundo podem participar submetendo online os seus projetos. Um painel de jurados de empresas tecnológicas e das áreas de engenharia, ciência e da matemática vão rever todas as candidaturas sendo que o anúncio dos vencedores regionais será realizado na primavera de 2019 e o anúncio dos finalistas globais em Julho do mesmo ano.

Este ano, os estudantes vão competir por uma bolsa de estudo no valor de 50 mil dólares sendo que os segundos e terceiros classificados e os vencedores regionais poderão também ganhar bolsas de estudo académicas e viagens promovidas pelas empresas patrocinadoras desta 6ª edição do Google Science Fair.

“Estamos entusiasmados por inspirar mais crianças a deixarem-se envolver pela ciência, engenharia, matemática e tecnologia”, afirmou Vint Cerf, vice-presidente e principal coordenador de Internet da Google e jurado da competição deste ano. “Acreditamos que cada ideia tem o poder de mudar o mundo – nenhuma ideia é pequena ou grande demais”.

Fonte: PC Guia

Conversor de Sistemas Numéricos

Eu confesso! Nunca gostei de sistemas numéricos! E isso claro que é um problema, não só pra mim, mas também foi para meus alunos quando eu tive que ensinar sobre os sistemas numéricos para eles. Eu entendo perfeitamente a importância de ensinar sobre os sistemas numéricos, já que o que utilizamos hoje não caiu do céu. Eu acho que o que me fazia não gostar (e os alunos também não), era quando eu tinha que fazer aqueles desenhos que eu achava muito chato.

Acabei de descobrir uma alternativa para isso. A Univesp disponibiliza um Conversor de Sistemas Numéricos, com os sistemas Indo-Arábico, Egípcio, Grego e Babilônico. Basta você digitar o número no sistema Indo-Arábico que o site faz a conversão para os outros 3 sistemas. Eu achei muito legal, pois é uma forma dos alunos conhecerem os outros sistemas sem terem que ficar fazendo aquelas listas chatas no caderno. A partir do uso do conversor, você poderá desenvolver outras atividades.Conversor de Sistema Numérico - Univesp

Khan Academy Kids

O Khan Academy já é o queridinho de muitos professores. E para nossa alegria, a ferramenta é constantemente melhorada. A última novidade é o Khan Academy Kids, para crianças con idade de 2 a 5 anos. O foco são as áreas de matemática, ciências, leitura, estudos sociais, dentre outras. Há também atividades voltadas à criatividade, como desenho e contação de histórias.

“Como pai, eu já passei pela fase ‘Ok, eu quero que meu filho aprenda de tudo’”, disse Sal Khan, presidente da emp01resa e pai de três crianças. “O problema é que existem muitas opções para muitos temas”. O Khan Academy Kids disponibiliza tudo em um só espaço e é desenhado a se adaptar ao ritmo de aprendizado da criança.

Os conteúdos foram elaborados por educadores de acordo com o currículo nacional dos Estados Unidos e está todo em inglês. Mas fiquem tranquilos, tenho certeza de que logo logo a Fundação Lemann vai traduzir todo o conteúdo para o português.