Guia de Recursos do Scratch para Educadores

Eu amo poder compartilhar com vocês quando enquanto material de apoio para professores com qualidade e feito por pessoas que se importam com uma educação de qualidade. #AiQueFestaDaEmpolgação

A Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa acaba de lançar Guia de Recursos do Scratch para Educadores, que trás um conjunto de orientações para que professores iniciantes ou experientes da educação infantil ao ensino médio trabalhem com seus alunos a linguagem de programação. Eu particularmente acho o Scratch bem intuitivo para ser trabalhado, além de oferecer tutoriais dentro da própria plataforma. Mas eu também reconheço que para muitos professores é preciso de um pouco mais de apoio e esse material oferece esse apoio de uma forma bem interessante.

O documento disponível gratuitamente mostra como adotar o Scratch a partir da aprendizagem criativa, aquela preocupada com a construção de ambientes e oportunidades centrados em quatro dimensões-chave: os 4 Ps da aprendizagem criativa: projetos, paixão, pares, e pensar brincando.

Isso é muito importante pois não fica aquela coisa do ensino de linguagem de programação só por ser “uma tendência, moda ou marketing”. O ensino torna-se algo significativo para os alunos.

Eu já fui direto dar uma olhada nas atividades desplugadas e achei bem interessante. Vou tentar colocá-las em prática e depois faço uma postagem pra contar pra vocês como foi. E é claro, se você utilizar alguma atividade desse material não deixe de compartilhar com a gente nos comentários dessa postagem.

Quebra cabeça das emoções

No mês passado tive a oportunidade de participar do Curso Maker para Educadores, oferecido pela Bê-a-bá Maker. Foi um curso intenso de 20 horas presenciais, onde aprendemos sobre Cultura Maker, Design Thinking, Fabricação Digital, Programação, Avaliação de Projetos e Mudança de Mindset em espaços de aprendizagem. Foram três dias de muito aprendizado e trocas.

Como tínhamos a nosso dispor uma cortadora a laser, aproveitei para colocar em prática uma ideia que eu vi no perfil @seligaprof no Instagram. A atividade, nomeada por mim de Quebra-Cabeça das Emoções, foi aplicada com alunos do Maternal I, que tem por volta de 3 anos. As peças foram cortadas na cortadora a laser e o material utilizado foi o MDF. Mas, você pode fazer tranquilamente utilizando papelão e tesoura. Os desenhos foram feitos utilizando o bom e velho canetão encontrado facilmente em várias escolas. Vejam as imagens abaixo.

O socioemocional foi trabalhado durante todo o anos pelas professoras da turma (em cheguei somente em outubro) e essa atividade foi feita mais como finalização do assunto. Uma atividade simples e que as crianças amaram.

Quero reforçar mais uma vez que você não precisa ter acesso a uma cortadora a laser para construir um quebra cabeças. Olhe em volta e veja os materiais que estão disponíveis. É possível sim inovar em sala de aula com pouca coisa.

Dia Nacional da Matemática

Hoje é o Dia Nacional da Matemática. Para comemorar o dia dessa disciplina que tanto amo (apesar de não ser muito boa), resolvi relembrar as postagens que fiz aqui no blog sobre o assunto.

Vamos relembrar

Inventeca: app que incentiva narração oral por crianças agora oferece assinaturas

Vocês se lembram que em agosto eu fiz uma postagem aqui no blog sobre o app Inventeca?  Eu confesso que foi amor à primeira vista quando conheci esse app. Ele mostra que é possível sim utilizar tecnologia para potencializar o aprendizado, mesmo com crianças que ainda não foram alfabetizadas. Ele dá voz e solta a imaginação dessas crianças. Pois bem, trago novidades e vamos a elas porque eu já falei de mais!

Esse app, que coleciona elogios de crianças e famílias e prêmios desde o seu lançamento, no último semestre, recebe agora atualização com novas histórias e um plano para assinantes. Samira Almeida, CEO da empresa diz:


“Muita gente pediu novas histórias na plataforma e por isso fizemos essa versão nova, mais organizada, bonita e prática para os adultos, e com novas histórias todos os meses”.

Samira ainda explica que sempre haverá a camada gratuita do app para quem quiser experimentar, mas espera que os usuários percebam o valor da experiência e desejem se tornar assinantes. Durante dezembro, o usuário que fizer seu cadastro no Inventeca (ainda na camada gratuita
do app), terá acesso a uma nova história gratuitamente. Os assinantes receberão acesso imediato a todas as histórias e poderão gravar até vinte narrações. A cada mês novas narrativas ilustradas serão acrescentadas, além de outras funcionalidades desenvolvidas ao longo do próximo ano. Fernando Tangi, CIO da StoryMax, explica que a mudança é quase invisível para os usuários, mas transforma a estrutura do app:

“Com a atualização, garantimos que nenhuma narração se perca, pois agora elas ficam salvas com segurança e privacidade na nuvem e podem ser resgatadas a qualquer momento pelo assinante”.

Daqui pra frente, de acordo com ele, é possível construir novas funcionalidades, como compartilhamento, criação de perfis com preferências e acompanhamento da interação e do desenvolvimento.

Inovação e qualidade

Reconhecida pela inovação e qualidade dos onze apps já publicados – pelos quais já recebeu dois Prêmios Jabuti, dois Reading Digital Fiction UK, três ComKids Interativos (Nacional e Prix Jeunesse Iberoamericano) e um Selo Distinção da Cátedra Unesco de Leitura PUC-Rio – a StoryMax espera criar, com o Inventeca, um ciclo de sustentabilidade.

“Nosso objetivo é oferecer lazer e aprendizado de qualidade para as crianças, reunir as famílias em torno de uma atividade que as aproxima da leitura; mostrar que a criança deve ser protagonista e não apenas consumidora de conteúdo. Com isso, na outra ponta, esperamos criar oportunidades para ilustradores, roteiristas e editoras”, explica Samira.

Como acontece em todos os apps da StoryMax, Inventeca é livre de publicidade e o uso de cada criança é seguro e privado. A assinatura custa R$ 15,00 no Brasil e assinantes que se cadastraram anteriormente no app receberão, além de uma história gratuita, uma oferta de desconto. O Inventeca está disponível para Android e IOS