Podcast: Vamos falar de segurança e cidadania digital?

A semana passada foi marcada pelo ataque na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano. Mais uma tragédia que poderia ter sido evitada se muita coisa fosse mudada na sociedade. O que me deixou mais abalada ainda foi continuar vendo como as pessoas tratam situações como essa nas redes sociais.

Vídeos e fotos do momento do ataque foram compartilhados através de grupos no WhatsApp e redes sociais, sem nenhuma reflexão de como isso poderia afetar as famílias das vítimas. Teorias conspiratórias foram criadas e compartilhadas como verdade sobre o motivo do ataque. E o pior, pessoas que trabalham com educação tendo esse tipo de atitude.

Para refletir sobre nossa postura na internet, compartilho com vocês o episódio 35 de EdueDai Podcast, com o tema Vamos falar de segurança e cidadania digital? A entrevistada foi a Googler Viviane Rozolen, responsável pelo programa Seja Incrível na Internet (do qual eu sou apaixonada).

Ouça com a família, amigos, vizinhos e compartilhe nas suas redes sociais para que possamos nos educar em relação ao nosso comportamento na internet.

Currículo de Referência em Tecnologia e Educação – CIEB

Como inserir as tecnologias como ferramente educacional em sua escola? Esse ainda é um grande questionamento para muitos professores e escolas. Não há um currículo oficial, mas há vários currículos que podem servir como referência.

A Secretaria Municipal de Educação da cidade de São Paulo, disponibilizou no inicio do ano o Currículo da Cidade – Tecnologias para Aprendizagem, indicando quais habilidades podem ser trabalhadas no Ensino Fundamental. Gostei muito de material, que tem me servido como norteador no planejamento do uso de tecnologias na escola.

No início de Outubro, o CIEB lançou o Currículo de Referência em Tecnologia e Educação, desde a Educação Infantil e todo o Ensino Fundamental. O uso de tecnologias na Educação Infantil ainda é um assunto um pouco polêmico. Eu particularmente sou à favor, desde que feito com cautela e utilizando bons materiais de referência como esse disponibilizado pelo CIEB.

Gostei bastante do currículo disponibilizado pelo CIEB, não só pela apresentação que facilita muito encontrar o que precisamos, mas também pela qualidade do conteúdo. Tenho acompanhado o trabalho do CIEB desde o ano passado, o que tem me ajudado muito a refletir sobre meu trabalho.

Pretendo estudar mais profundamente esse material, mesclando ele com outros materiais, adequando sempre a forma de trabalho dos professores e da escola. Acredito que futuramente, seria interessante termos um currículo único, que fosse utilizado por todas as escolas. Mas, no momento, acho que ainda é sedo para isso. Ainda há muito o que estudarmos e refletirmos sobre o uso de tecnologias na edudação. E você, o que pensa sobre esse assunto?