Mr. ENEM

enemSim meus queridos, logo logo as inscrições para o ENEM 2017 vão começar. Mas, só fazer a inscrição não garante boas notas, é preciso se esforçar e estudar muito não é verdade? Muita leitura, muitas idas até a biblioteca, muita pesquisa na internet e aquela espiadinha no Facebook pra espairecer. Que tal aproveitar essa espiadinha no Facebook para estudar também? É isso mesmo. A empresa ULLO criou o Mr. ENEM, um chatbot que conversa com você em tempo real, trazendo perguntas que te ajudam a estudar para o ENEM de uma forma bem descontraída.

“Em vez do aluno estudar resolvendo questões no livro de papel, sem nenhum tipo de interação, ele respondia tudo lá dentro do bot. Além de ser uma forma divertida de estudar, o bot falava coisas como ‘Você consegue’, ‘Não erre na próxima’, ‘Não vale chutar’. Essa interação gerou o engajamento e as pessoas começaram a comentar sobre ele com os amigos e a compartilhar”, diz Thaysa Starling, 26, também sócia da plataforma, com experiência em educação corporativa.

Aproveitem bem essa ferramenta e tenham um bom desempenho 🙂

Qual o limite de uma selfie?

velórioNesse final de semana ao navegar pela internet, me deparei com um ensaio fotográfico feito pelo artista israelense Shahak Shapira. Esse artista reuniu fotos tiradas por turistas no Memorial do Holocausto em Berlim. O projeto de Yolocaust, uma mistura do acrônimo YOLO — de “you only live once” ou “você apenas vive uma vez”, mostra como as pessoas perderam o respeito pelo outro e que só se importam com uma bela pose.

Ao ver essas fotos, me lembrei de um fato muito parecido que aconteceu em 2014 no vel´ório do então candidato a presidência Eduardo Campos. Uma senhora para com um sorriso enorme em frente ao caixão e tirou uma linda selfie para mostrar através de suas redes sociais que ela estava presente no velório de uma pessoa famosa.

E o que está acontecendo naquele momento em que a selfie está sendo tirada? E o que aconteceu no passado naquele local? E o respeito? Será falta de conhecimento da nossa história e da história do outro? O que a escola tem feito sobre isso? O que as famílias tem feito sobre isso?

Enfim. Olhas essas fotos me fez refletir sobre muitas coisas. Sou apaixonada por redes sociais, adoro postar fotos de lugares onde vou, mas a partir de hoje vou pensar melhor sobre as fotos que tiro.

Guia Tecnologia na Educação

Tecnologia na EducaçãoChega a ser um clichê falar que a tecnologia alterou a nossa vida, mas o que mais ela está mudando? Com certeza podemos afirmar que a forma de aprender e ensinar também foi alterada com o advento tecnológico. Quando o computador chegou às escolas brasileiras, a proposta era educar para o uso de tecnologias. Hoje, usamos a tecnologia para educar. Com a proposta de investigar como a tecnologia está transformando a educação e o que é preciso fazer para universalizar o uso de ferramentas digitais em escolas brasileiras, o Porvir (Programa do Instituto Inspirare) elaborou o guia Tecnologia na Educação.
O material é composto por cinco questionamentos que orientam a construção do conteúdo, são eles:
1. Por que a tecnologia hoje é cada vez mais importante na educação?
2. Quais são os principais recursos tecnológicos usados para ensinar e aprender?
3. Como criar a infraestrutura necessária para usar tecnologia nas escolas?
4. Quais exemplos de aplicação da tecnologia na prática são inspiradores?
5. O que está por vir em tecnologia para a educação?

Ficou curioso(a)? Clique aqui para ter acesso às recomendações e experiências para transformar a maneira como se ensina e aprende a partir do uso de ferramentas digitais.

Fonte: Fundação Telefonica – Vivo