Feliz Biblioteca Nova!

Quem gosta de livros levanta a mão!!! Você, que acompanhe fielmente este querido blog, já sabe que eu amooooo ler. Mas, se você só passa por aqui de vez em quando, aproveita e dá uma olhada no post Dicas de leitura para as férias (ou para o resto da vida!) pra entender minha paixão por leitura.

Bom, vamos ao que interessa. Você professor que ama ler, mas que infelizmente não tem muito acesso a livros, trago uma dica valiosa pra você. A Fundação Lemann criou o concurso Feliz Biblioteca Nova! É bem simples. Acesse o site do concurso, leia o regulamento, preencha seus dados e responda a frase: “Ter uma Biblioteca Essencial do Professor me ajudará a….”

Pronto, você já está participando! Será escolhida a melhor frase de cada estado do nosso querido país. É claro que eu já estou participando e super torcendo por mim mesma aqui no estado de São Paulo. Brincadeira, torço por todos vocês e que vença o melhor.

Os livros sorteados são:

  • Mentalidades Matemáticas – Estimulando o Potencial dos Estudantes por Meio da Matemática Criativa, das Mensagens Inspiradoras e do Ensino Inovador – Jo Boaler, da Universidade de Stanford (EUA)
    Editora Penso
  • Planejando o Trabalho em Grupo – Estratégia para Salas de Aula Heterogêneas Elizabeth Cohen (1932-2005) e Rachel Lotan, da Universidade de Stanford (EUA)
    Editora Penso
  • Ensino Híbrido – Personalização e Tecnologia na Educação Lilian Bacich, Adolfo Tanzi Neto e Fernando de Mello Trevisani
    Editora Penso
  • Gestão da Sala de Aula – Lições da Pesquisa e da Prática para Trabalhar com Adolescentes – Carol Simon Weinstein e Ingrid Novodvorsky
    Editora Penso
  • Rodadas Pedagógicas – Como o Trabalho em Redes Pode Melhorar o Ensino e a Aprendizagem – Richard F. Elmore, Lee Teitel, Elizabeth A. City e Sarah Fiarman
    Editora Penso
  • Avaliação em Sala de Aula – Conceitos e Aplicações – Michael K. Russell e Peter W. Airasian, da Escola de Educação Lynch, na Boston College (EUA)
  • O Significado da Mudança Educacional – Michael Fullan
    Editora Penso
  • Planejamento para a Compreensão – Grant Wiggins e Jay McTighe
    Editora Penso
  • Preparando os professores para um mundo em mudança – Linda Darling-Hammond e John Bransford

As inscrições podem ser feitas até o dia 25 de dezembro de 2019. O resultado será divulgado no dia 21 de janeiro de 2020.

Como incentivar a leitura utilizando tecnologia

Eu cresci com livros em casa, com o exemplo da minha mãe que é uma leitora voraz e de professoras que sempre me indicavam bons livros. Hoje, escuto muitas pessoas dizendo que os jovens não gostam de ler, que é difícil encontrar pessoas lendo algum livro, que hoje em dia o que interessa é a Netflix.

Entre 2011 e 2015, a estimativa de brasileiros que consomem livros, passou de 50% para 56% totalizando 104,7 milhões de pessoas. A quantidade anula média de livros lidos por habitante passou de 4 para 4,96. Fonte: Folha de São Paulo

A pesquisa citada acima mostra que a média de leitura vem crescendo. Mas como podemos incentivar ainda mais a leitura através dos meios tecnológicos?

Algumas dicas:

  • Utilize redes sociais específicas para leitores como a Skoob por exemplo. Crie seu perfil para nele compartilhar quais livros já leu, quais pretende ler e qual livro está lendo.
  • Crie um site de leituras da sua turma. Você pode utilizar o Google Sites para isso.
  • Escolha um espaço público como uma biblioteca, uma livraria ou até mesmo a praça próxima a sua escola e organize um Clube de Leitura. para divulgar, você pode criar um evento no Facebook.
  • Seus alunos pode escolher um livro e, após a leitura, além de escreverem quais foram suas impressões, você pode definir uma variável de destaque. Dê uma olhada no perfil Objeto Livro para se inspirar.
  • Crie uma rede de troca de livros utilizando alguma rede social para isso.
  • Crie um prêmio de Incentivo à Leitura e divulgue os ganhadores no site ou nas redes sociais da sua escola.
  • Convide alguns autores para conversar com seus alunos. Eles não precisam ir até a escola, faça uma vídeo chamada.
  • Que tal seus alunos recontarem uma história utilizando stop motion, podcast, história em quadrinho ou até mesmo o storys do Instagram?

Essas são algumas ideias só para inspirar. Teve outra ideia? Aplicou alguma dessas ideias que eu citei? Compartilha com a gente nos comentários dessa postagem.

Como começar a ler para crianças: a obra de Tatiana Belinky

Em 2015, tive a oportunidade de substituir uma professora que entraria em licença maternidade. Antes dela sair, acompanhei durante uma semana seu trabalho. Ela sempre começava a aula com a leitura de um livro e os alunos, de uma turma de segundo ano do Ensino Fundamental amavam.

No meu primeiro dia sozinha com a sala, escolhi um livro que infelizmente não me lembro o nome. Iniciando a leitura, disse qual era o nome do livro e quem era a autora. Maria Fernanda, a aluna mais esperta da turma disse:

– Tatiana Belinky, nós conhecemos e gostamos muito dos livros dela. A professora já leu vários livros dela pra gente.

Fiquei muito espantada com uma criança tão nova, mas que já sabia qual era sua autora preferida. Depois disso, passei a buscar todos os livros possíveis dessa autora para ler para aqueles alunos.

Nesse final de semana encontrei o podcast Como começar a ler para crianças: a obra de Tatiana Belinky, e imediatamente me lembrei daquela turma. Como começar é uma série de podcasts do Nexo Jornal com temas bem interessantes. Gostei muito desse em especial, não só pela história que já contei, mas pela importância da leitura para crianças.

Infelizmente, tem sido muito comum pra mim ver pais em locais públicos que, ao invés de interagir com as crianças, rapidamente sacam um dispositivo e colocam rapidamente na mão da criança para distraí-la. Vamos ler, brincar e dar atenção para nossas crianças!!!

Guia Crescer em Rede: Edição Especial Metodologias Ativas

O Instituto Crescer disponibiliza gratuitamente o Guia Crescer em Rede: Edição Especial Metodologias Ativas, cuja finalidade é colaborar com professores dispostos a inovar em suas metodologias de ensino.

O documento apresenta metodologias testadas a partir de práticas implementadas diretamente junto a alunos, ou indiretamente por meio de atividades de formação de professores organizadas pelo Instituto Crescer. Além de mostrar caminhos para promover uma nova educação que faça mais sentido para os alunos, o intuito de compartilhar o material é abrir espaço para reflexão de como vivenciar estas experiências da melhor forma.

Aí você deve estar pensando: nossa…só mais uma apostila que falam mais do mesmo…

Nada disso! O conteúdo é de muita qualidade. Além disso você também rá acesso a outros materiais como:

  • Cartaz para divulgação das formações em sua escola
  • Tabela de cronograma das formações (a Rede oferece material para outros temas)
  • Planilha para contato e controle de presença dos participantes das formações
  • Avaliação diagnóstica e de resultados

Está esperando o que? Corre logo baixar esse material todo!!!