Jogo da memória com números

Fala a verdade, quando criança você também era apaixonado por um jogo da memória. Gente, criança ama esse jogo. Não só crianças, mas adultos também viu. É um recurso simples, mas que oferece trabalhar com vários conteúdos e de formas diferentes. Não se prenda somente a imagens, dá para trabalhar com textos também.

Hoje eu trago então o Jogo da memória com números. Ao acessar o site você será recebido bom um simpático castor. Ele te convida a escolher um dos três níveis de dificuldade do jogo. Basta clicar no nível escolhido.

Jogo da memória com números

Nível escolhido, basta clicar nos buracos do chão para que o castor surja com um número. Você acerta quando encontra o par, ou seja, dois números iguais.

Ao final ele mostra em quanto tempo você conseguiu encontrar todos os pares. Compartilhe com seus alunos. Compartilhe também com os pais dos seus alunos. Em tempos de pandemia, com as crianças em casa em tempo integral, tem muito familiar que fica perdido em relação ao que oferecer para as crianças.

Corona Não – Jogo

Que tal um jogo para divertir e ao mesmo tempo conscientizar? O Corona Não é um simples jogo de tiro, mas que pode deixar mais claro para as crianças a importância de usar detergente e álcool em gel.

Mas Cris, um jogo tão simples como esse, o que eu posso ensinar com ele? Cores, quantidade, estratégia, saúde. O jogo sozinho realmente não vai fazer muita coisa. Monte um projeto com outras atividades introdutórias. Converse com as crianças depois do jogo. Use a criatividade.

Soletrando do Caranga

Uma das melhores lembranças que eu tenho dos anos iniciais da escola são os momentos em que a professora fazia ditado. Era tão empolgante! Eu ficava olhando bem concentrada para a professora e, assim que ela falava a palavra eu já começava a escrever. Bons tempos aqueles. Hoje em dia muitos professores veem essa prática como ultrapassada. O ditado trás muitos benefícios e você pode conferi-los aqui. É claro que você não vai fazer um ditado tradicional como a minha professora fazia. Você pode utilizar de características da gamificação por exemplo.

Você pode começar apresentando para seus alunos o jogo Soletrando do Caranga. Confesso que a escrita dessa postagem demorou mais do que o normal pois fiquei “testando” por um bom tempo esse jogo. Desenvolvido pelo Instituto Caranguejo de Educação Ambiental, neste jogo um caranguejo bem fofo vai dizer uma palavra e você precisa escrever essa palavra letra por letra. São oferecidas duas opções de jogo: com ou sem contagem de tempo.

Tenho certeza que seus alunos vão amar essa nova forma de praticar a escrita das palavras. Conhece outros jogos interessantes? Compartilha com a gente através dos comentários dessa postagem.

Compartilhe suas histórias com o Inventeca

Se você é leitor assíduo desse blog, com certeza já conhece o Inventeca. Mas, se não conhece não tem problema, sempre é tempo de conhecer coisas novas :)

E se eu volto a falar sobre o mesmo assunto é porque…temos novidade!

Agora no Inventeca os usuários podem enviar as suas gravações para outras pessoas. Através do sistema de compartilhamento do app, as crianças podem mostrar para familiares e amigos as suas criações. Essa utilidade reforça a ideia de usar a tecnologia como uma ferramenta de união, tanto na leitura compartilhada que o aplicativo incentiva, quanto no envio das narrativas até para pessoas distantes.

Inventeca

Achei sensacional a inserção desse recurso, pois podemos conscientizar desde cedo as crianças sobre o compartilhamento de informações, seja nas redes sociais, através de jogos, e-mails e até mesmo na vida real.

Na primeira fase do lançamento, a função compartilhar está disponível exclusivamente para assinantes. Com o feedback desses primeiros usuários espera-se verificar se cada um encontra diversão, praticidade e segurança ao embarcar na brincadeira. Aos poucos, novos usuários também poderão enviar histórias para amigos e parentes.

A camada gratuita do Inventeca tem 3 livros disponíveis e quem assina a versão Premium hoje tem acesso a 23 histórias. Como em um clube de livros, a StoryMax entrega novas histórias a cada dez dias, aumentando a estante dos seus usuários pagantes, que podem deixar até 20 gravações salvas no aplicativo.

Inovação e qualidade

Reconhecida pela inovação e qualidade dos onze apps já publicados – pelos quais já recebeu dois Prêmios Jabuti, dois Reading Digital Fiction UK, três ComKids Interativos (Nacional e Prix Jeunesse Iberoamericano) e um Selo Distinção da Cátedra Unesco de Leitura PUC-Rio – a StoryMax espera criar, com o Inventeca, um ciclo de sustentabilidade no mercado editorial e de educação.

“Nosso objetivo é oferecer lazer e aprendizado de qualidade para as crianças, reunir as famílias em torno de uma atividade que as aproxima da leitura; mostrar que a criança deve ser protagonista e não apenas consumidora de conteúdo. Com isso, na outra ponta, esperamos criar oportunidades para ilustradores, roteiristas e editoras”, explica Samira.

A assinatura mensal do Inventeca no Brasil custa R$ 14,90, já a anual R$ 119,90. Você pode encontrá-lo nas versões para iOS e Android.