Buscador de obras com licença Creative Commons

A Creative Commons é uma organização internacional sem fins lucrativos fundada em 2001 e sediada em Mountain View, na Califórnia. Seu propósito é aumentar a quantidade de obras disponíveis por meio de licenças padronizadas, que permitem sua cópia, difusão e, em alguns casos, até mesmo sua edição. Para tanto, a entidade cria modelos de licenciamento que podem ser facilmente adotados por criadores de conteúdo para seus trabalhos, em licenças conhecidas exatamente como Creative Commons.

Em março de 2019, a empresa lançou uma iniciativa que tem como objetivo facilitar o acesso a essas obras. Trata-se de um buscador chamado CC Search, que passou anos sendo testado em modo beta e agora está oficialmente lançado. O mecanismo organiza mais de 300 milhões de imagens que fazem parte de 19 coleções. De acordo com informações do site Open Culture, dedicado à promoção de conteúdo gratuito, isso inclui obras de instituições como o museu Metropolitan de Nova York, do Cleveland Museum of Art, ambos nos Estados Unidos, fotos disponibilizadas na plataforma Flickr, entre outros. No site, é possível realizar buscas de obras com licença creative commons no geral, e também refinar a busca de acordo com o tipo específico de licença desejado. Por exemplo: licenças CC BY-SA são as que dão o maior grau de liberdade. Elas permitem a outros remixarem, adaptarem e criarem a partir de um trabalho original.

A imagem que ilustra este texto, de Irina Rosca, tem licença BY-ND 4.0 e pode ser reproduzida mesmo comercialmente, mas não editada. Já licenças BY-NC-ND são as mais restritivas. Elas permitem apenas que terceiros façam o download de trabalhos e os compartilhem, atribuindo crédito ao autor. Não é permitido alterar os trabalhos, ou usá-los para fins comerciais.

Fonte: Jornal Nexo

Internet das Coisas (Iot) USP – curso gratuito

É ótimo quando temos oportunidade de nos aprimorarmos. Melhor ainda quando é de forma gratuita.

Estão abertas as inscrições para Formação Presencial Prática e gratuitas sobre “INTERNET DAS COISAS – IoT”, para professores da rede pública de ensino e Educadores de ONGs. Corre porque as vagas são limitadas e bem concorridas.

A formação…

…tem duração de um dia e serão ministradas nas seguintes datas:

  • 13/abril (sábado) das 09h00 às 17h30
  • 27/abril (sábado) das 09h00 às 17h30
  • 04/maio (sábado) das 09h00 às 17h30
  • 25/maio (sábado) das 09h00 às 17h30

Escolha uma das datas acima e faça sua inscrição através do link:  codeiot.org.br/codeday A formação “Um Dia de Code Iot (Code Day)” será realizada no Espaço OCEAN, na Engenharia de Produção, POLI – USP, no campus Butantã em São Paulo.

Eu já participei desse curso o ano passado e foi super legal. O conteúdo é muito bom, a aula melhor ainda, e o mais legal é a interação que você tem com outros professores. Super recomendo.

Podcast: Vamos falar de segurança e cidadania digital?

A semana passada foi marcada pelo ataque na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano. Mais uma tragédia que poderia ter sido evitada se muita coisa fosse mudada na sociedade. O que me deixou mais abalada ainda foi continuar vendo como as pessoas tratam situações como essa nas redes sociais.

Vídeos e fotos do momento do ataque foram compartilhados através de grupos no WhatsApp e redes sociais, sem nenhuma reflexão de como isso poderia afetar as famílias das vítimas. Teorias conspiratórias foram criadas e compartilhadas como verdade sobre o motivo do ataque. E o pior, pessoas que trabalham com educação tendo esse tipo de atitude.

Para refletir sobre nossa postura na internet, compartilho com vocês o episódio 35 de EdueDai Podcast, com o tema Vamos falar de segurança e cidadania digital? A entrevistada foi a Googler Viviane Rozolen, responsável pelo programa Seja Incrível na Internet (do qual eu sou apaixonada).

Ouça com a família, amigos, vizinhos e compartilhe nas suas redes sociais para que possamos nos educar em relação ao nosso comportamento na internet.